4a24db5f-7cb6-4e14-bf4e-6b706132fffe Manual do Frugal. Seja frugal, viva de forma sustentável, economize dinheiro de forma consciente, fique milionário e encontre a sonhada independência financeira. Seja feliz.

8 de jun de 2014

Frugalidade Fácil. Controle de Combustível. Carros para locomoção.


Olá amigos, na postagem passada demos introdução a uma série de três artigos falando sobre como podemos levar ao máximo o nosso desempenho em transporte privado. No post passado especificamente falamos sobre motos: como escolher uma máquina destas e a melhor moto possível para o frugal que precisa se locomover de cima para baixo e não quer gastar muito com gasolina, seguro e manutenção.

Dando sequência a série falaremos sobre carros. Como escolher, quais são os custos e o melhor carro para o frugal que quer se locomover com inteligência.

Bom, já inicio o post dizendo o que noventa porcento dos que estão aqui sabem: carro não é um investimento. Só vai lhe dar despesa e ele jamais vai ser uma ferramenta para poupar dinheiro. Digo isto, pois, a moto, por exemplo, com MUUUUITA boa vontade, até pode ser tratada como uma espécie de investimento, isto é, para aqueles que pegam mais de um ônibus por dia, talvez metro ou trens não integrados e chega a gastar mais de dez reais por dia apenas com transporte publico até pode ser vantajoso em termos financeiros à aquisição de uma moto. Com a moto você poupa dinheiro de passagens e de quebra tempo que você pode aproveitar da maneira que julgar mais inteligente, nos fins de semana pode também fazer um bico com entregas. Já com o carro a conversa é mais embaixo.

Um carro NUNCA será mais vantajoso que o transporte público, NUNCA. Nem mais vantajoso que uma moto ele é, quanto mais que o transporte publico. Quem tem um carro hoje em dia é na sua maior parte por comodismo ou vontade mesmo. Como eu disse lá nos primeiros posts conceituais frugalidade não é se privar de tudo como um idiota, frugalidade é adquirir coisas que você precisa para ser feliz da forma mais inteligente e econômica possível.

Se for um carro que vai mudar a sua qualidade de vida de forma drástica então vamos sentar e estudar como comprar um carro de forma inteligente e frugal, e depois de adquirido, cuidar muito bem dele para que ele dure muito e você não fique trocando o veiculo a cada dois anos como um brasileiro padrão que vai trabalhar para a vida inteira.



Vamos para a prática. Não existe carro mais econômico do que os modelos 1.0 de 16 válvulas. Pesquisei muito e cheguei à conclusão que este tipo de motor é aquela linha que todas as fabricas fazem para bater. Carros com pouco conforto, e que aguentam pancada.

Dentro dessa linha temos:
  • Celta - 10.7 Km/L
  • Uno - 12.3 Km/L
  • Clio  - 14.3 Km/L
  • Palio - 12.3 Km/L
  • Gol - 11.8 Km/L
  • Ka - 11.6 Km/L
A média destes motores é de 12 quilômetros por litro na cidade, o que é ótimo, mas o vencedor absoluto é com certeza o Renault Clio. Este chega a incríveis 14.3 quilômetros por litro. Os motores Renault são historicamente mais econômicos e fracos do que os seus correspondentes de mesma linha. Compare um Renault Sandero com um Gol e verá que o torque do Gol é muito mais poderoso. Como procuramos economia e não torque e velocidade ficamos com a Renault, e neste caso o Clio.

PS.: Nessa pesquisa procurei o QQ da Chery, crente que ele seria um espetáculo de economia de combustíveis e quase caí para traz quando li que ele faz apenas 11 Km por litro. Uma porcariazinha daquela deveria fazer no mínimo 15 Km/L.

Falemos então de preço. A regra aqui, assim como em tudo na vida é paciência e pesquisa. A aquisição de um bom carro exige garimpo. A ideia aqui é comprar um carro dois ou três anos abaixo do zero. Adquirir um carro zero está fora de cogitação. Não é inteligente fazer um boletão com o dobro do preço do valor do carro e perder cinco mil reais de desvalorização só de colocar o pneu pra fora da concessionária. A ideia é que um carro de dois ou três anos apenas, não rodou nem trinta mil quilômetros, o que faz dele um carro novo. A melhor coisa é comprar carros através de vendas particulares, você conhece o antigo dono, pode ver o perfil dele, se ele destruiu o carro completamente ou se era uma pessoa que cuidava do veículo. Vendas particulares também tendem a ser mais flexíveis quando as pessoas veem a maleta com dinheiro a vista :). Eu posso ter uma linha de raciocínio um pouco xiita, mas a compra de um carro popular como é o escopo deste artigo deve ser feita a vista. SEMPRE. Veja quinze mil reais não é exatamente uma fortuna. Alguns blogueiros conseguem juntar este valor com aportes em menos de um ano, e se você lê este paragrafo, me acha um idiota por que você pensa que quinze mil reais é um valor intangível para você sem um financiamento de três ou quatro anos, acredite em mim, você não está preparado para ter um carro. Estude, aumente seu rendimento, ande de ônibus ou moto (se puder compra-la também a vista) e em um futuro próximo poderá comprar um carrinho à vista.
Fuja daqueles calhambeques velhos que você encontra por cinco mil reais de um amigo de um amigo. É uma máquina de comer combustível, dinheiro de manutenção. Das poucas experiências de pessoas que vi comprando carros assim, em dois meses estavam andando a pé novamente. Ou porque não tinham dinheiro para bancar o combustível ou porque o carro estava com problemas mecânicos tão grandes que simplesmente não dava para andar nele.

Voltando aos nossos carros 1.0, oo pesquisar no webmotors temos as seguintes médias de preços para carros 2012:

  • Celta - R$ 18.000
  • Uno - R$ 17.000
  • Clio - R$ 18.000
  • Palio - R$ 17.000
  • Gol - R$ 17.000
  • Ka - R$ 20.000
Aqui é bem relativo, como fui até o webmotors o risco de tranqueiras é muito grande, e fica ainda mais aparente quando pegamos carros populares como Uno, Palio e Gol. Nestes carros o preço varia muito, encontrei alguns até por quatorze mil reais, mas quando a esmola é demais...
A ideia aqui é mostrar como é difícil encontrar uma boa compra, o ideal é conhecer algum mecânico, ou ao menos procurar alguém sério para lhe dizer se o carro está em boa condição antes de compra-lo. Lembre-se: é muito melhor gastar um dinheiro agora com isto do que ficar com uma bucha nas mãos.
Como eu disse é difícil determinar um veículo vencedor para esta categoria, gostaria apenas de deixar mais uma vez bem claro o quanto a pesquisa e cautela são vitais neste processo.

Lembre-se, busque um carro com o intuito de continuar com ele por no mínimo oito anos. Este também é outro motivo de você procurar um carro seminovo em bom estado e não um corola 1997, por exemplo :).

Prefira pagar R$ 17.000 uma vez (eu sei, é uma fortuna), do que cinco mil agora, mais sete mil daqui a dois anos e depois mais dez mil em quatro anos e na prática nenhum dos carros comprados presta, recado direto para os roleiros :).

Um custo que não pode faltar na sua planilha de gastos com o carro é o seguro. Pessoalmente eu não trabalho com a possibilidade de ficar sem seguro, imaginando que você compre um carro nos moldes que eu escrevi aqui você tem um patrimônio de no mínimo quinze mil reais e é complicado ver todo este dinheiro ser jogado fora em algum assalto, batida ou acidente, principalmente se o acidente for envolvendo um Porsche Cayenne :).

A revista quatro rodas fez diversos comparativos de seguros dos populares nas capitais brasileiras, aqui e aqui. Neste caso a revista encontrou um padrão, o Celta segue sempre como o mais barato enquanto Clio e o Ford KA dividem a segunda posição. O gol está fora de cogitação, pois é só o carro mais visado da história por suas peças servirem até em geradores de energia no campo.
Nas MINHAS pesquisas eu discordaria um pouco da quatro rodas, a média encontrada em fóruns e sites de corretores foi a seguinte:
  • Celta - R$ 1.500
  • Clio - R$ 1.600
  • Ka - R$ 1.000
(Todos os valores com base em um homem com menos de vinte e cinco anos)

Neste quesito o vencedor absoluto é com certeza o Ford Ka.

Por fim falaremos um pouco de manutenção. Esta questão é completamente dependente da escolha do seu carro. Se você escolheu bem é provável que fique todo o tempo com seu carro sem qualquer problema, desde que faça é claro as manutenções básicas.
Por serem todos modelos básicos e 1.0 a manutenção é relativamente simples e barata e dificilmente superará os mil reais anuais, mas só para não perder o costume deixo uma pesquisa aqui.
Não julgo este quesito muito determinante na hora da compra, pois todos os carros escolhidos possuem manutenção barata, mas é sempre bom saber que seu carro está na lista dos top 10 mais baratos em manutenção.

Bom, eu creio que tenha abordado a maioria dos custos relevantes na hora de escolha de um carro, temos ainda outros valores como IPVA e seguro obrigatório, porém não achei necessário especifica-lo, pois todos os carros descritos possuem valores similares, uma vez que depende do valor de tabela dos mesmos. Após todas estas observações a conclusão que chego é que o Ka e o Clio (com ligeira vantagem ao Clio) são os melhores carros para quem deseja manter-se frugal, dentro do possível, em sua decisão e ter um carro para chamar de seu. 

Como eu disse o carro é um luxo que apenas quem pode pagar deveria se dar, se você não sente minimamente confortável com todos os gastos que descrevi, ou então ficará com o orçamento apertado em razão do automóvel é provável que não esteja preparado para ter um carro, estude, aumente seu rendimento e em breve poderá ter um possante.

Agradeço a todos que chegaram até aqui, abraços



20 comentários:

  1. Bom dia.
    Tenho uma Oficina Mecânica.
    Em termos de economia, não recomendo motores 1.0 16V, pois na prática eles não são mais econômicos(combustível) e muito menos na hora da manutenção, que geralmente fica o dobro em R$ em relação a um carro 8V.
    Carros chineses e outros similares asiáticos também recomendo ficar longe, pois a dificuldade de encontrar peças para esses carros é imensa.
    Na classe que vc citou, recomento o Palio e o Celta, pois tem o melhor custo benefício.

    Bons negócios amigo.
    O Blog está muito bom.

    W.R.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Amigo W.R. Concordo com você que os 8V são melhores que o 16V, mas os 8V não são mais produzidos no Brasil, correto?

      Excluir
    2. Amigo da Oficina, pode comentar um pouco sobre o Clio e o Ka. Em meus estudos foram os que mais valeram a pena comparando Consumo, Seguro e Manutenção.

      Estou certo?

      Excluir
  2. O custo x benefício é uma scooter,baixa manutenção,preço baixo ,pouco combustível transporta 2 pessoas ,fácil de estacionar e fácil de guardar,polui pouco,melhor que transporte público que é um lixo e caro,claro que não impressiona ninguém,mas não adianta conquistar os outros pela aparência,de gente fútil é melhor ter distância, pois sempre vão falar mal de você pelas costas comentando da marca que você usa ou de alguma coisa negativa que vão cavar em você até encontrar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A scooter eu não recomendaria, mas uma Suzuki Yes como escrevi no meu post anterior sim.

      Excluir
  3. Tô gostando desses posts,vc analisa muito bem as despesas manual do frugal. Se continuar assim seu blog vai longe!

    PS: Ainda penso em um golzinho,pois apesar dele ser o mais roubado os outros não ficam atrás tb. E qualquer mecânico de beira de estrada deve mexer bem nele rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Amigo. Agradeço as palavras.

      Sobre o gol, de fato não é o carro mais recomendado, tem seguro muito alto, é mais caro e não anda tanto, mas a sua satisfação tem que ser levada em consideração também

      Excluir
  4. Gol tem seguro caro, mas a manutenção não é tão pouca assim (ou sou muito azarado), porém qualquer mecânico resolve. Nunca fui assaltado em anos tendo Gols.

    Sandero é excelente em economia (se for 1.0, é claro), mas fuja das revisões da autorizada. São um roubo e, na real na real, não servem pra quase nada e as peças e mão de obra chegam a custar o triplo do preço de mercado.

    Execelente post, Frugal!

    Meu pai acabou de comprar um Celta 1.0, 2009, por 13 mil. Única dona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Micro.

      Honestamente esse papo de que qualquer mecânico resolve não me diz nada, pra mim todo mecânico que fui já resolveu problema de todo o carro, se você não for naqueles de beira de estrada, todos tem uma estrutura minima pra resolver qualquer carro.

      O ruim das revisões autorizadas, não só do Sandero, é que eles te algemam com a garantia pra vc fazer a revisão lá.

      Vc pagas as revisões que são um roubo com medo de perder a garantia.

      Absurdo.

      Seu pai foi perfeito, frugalzão, ainda mais se disse que ele pagou a vista kkkk

      Excluir
    2. Mais ou menos, tem uns carros como o Picasso, que alguns mecânicos não sabem consertar direito, mas de fato os mais populares não são problema.

      Excluir
  5. Queria como primeiro carro um Peugeot 207 vermelho. Acho muito bonito o carro e o desenho do leão da Peugeot na frente.

    Pena que falam mal da marca,manutenção um pouco mais complicada,dificuldade pra vender (se bem que quero ficar um booom tempo com o carro,não vou querer vender e vai ser até melhor pra comprar,pois dá pra pechinchar)

    Bom,isso é o que falam pq não manjo nada de carros e muito menos da manutenção deles...Tendo ar-condicionado e direção hidráulica pra mim já é um ótimo começo rs,estou fazendo aulas na auto-escola ainda.

    Continue com posts assim MdF,são sempre interessantes! Abraço!

    Anônimo 19a

    ResponderExcluir
  6. Muito bom post Frugal, bastante interessante mesmo. Eu tenho um Celta e sinceramente já desejei ter moto várias vezes. O carrinho nunca deu manutenção mas também não é muito econômico porque esgoela fácil demais. Antes dele eu tinha um 206 1.4 que era uma bomba de defeitos mas consumia menos. Por exemplo, o celta pra colocar 140 e fazer uma ultrapassagem esgoela até mais de 5000rpm, você até vê o ponteiro descer se precisar de mais que isso, já o 206 fazia fácil. Em velocidade de cruzeiro então (110km/h) o 206 batia de longe.

    Só não compro moto em razão dos riscos. É melhor gastar mais vivo que não gastar nada por estar morto. Então depois que eu vender o celtinha vou comprar um carro mais forte, melhor e as curtas distâncias farei de bike. Quando bati meu carro só andei de bike e descobri que é muito simples para pequenas coisas. E aí quando precisar viajar ou andar de verdade terei um bom carro.
    Mas isso é para a minha realidade, que tenho ônibus na empresa e moro em cidade pequena. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Thales Bom Te ver por aqui.

      O complicado do carro é que por mais frugal que você seja ele é caro, sem contar seguros, IPVAS e outras coisas escondidas.

      A moto é a melhor solução mesmo, como você disse e eu escrevi no post anterior, mas a sua é a mesma preocupação minha. Não brigo tanto pela IF pra morrer em alguam esquina por barbeiragem dos outros.

      O esquema é ficar no carrinho mesmo. kk

      Excluir
    2. "O carrinho nunca deu manutenção mas também não é muito econômico porque esgoela fácil demais."


      ???

      Excluir
  7. Frugal,quero mais posts assim! No aguardo rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haverão, mas é bem dificil achar temas sempre kkkk

      se vc tiver algumas sugestoes

      o proximo ta até pronto, mas preciso revisar um pouco

      Excluir
  8. Considero-me frugal duas vezes em relação a carro: ganhei um renault clio 0 km em um sorteio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc ta me zuando?! sorteio de que?! que daora

      parabéns

      Excluir
    2. Foi numa promoção de natal de um shopping da minha cidade, ganhei um Clio 0k no natal de 2011 e estou com ele até hoje.

      Excluir
  9. Interessante -

    Eu tneho um carro de viagem, e como moro numa praia tenho outro gol 94 ara nao pagar impostos e tocar na areia..(alem de nao me preocupar com assaltos quando deixo isolado)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...